skip to Main Content
Prestador de serviços: veja como pagar menos impostos

Prestador de serviços: veja como pagar menos impostos

Você que é prestador de serviços pode atuar como profissional PJ, garantir uma boa economia pagando menos impostos e aumentar os seus lucros.

Com a orientação de contadores especializados e uma boa dose de planejamento tributário, profissionais liberais e autônomos podem garantir uma boa economia mensal e maximizar seus rendimentos.

Para saber mais e entender de forma prática e objetiva, como tudo funciona, continue conosco e acompanhe este conteúdo até o final.

Tributação do prestador de serviços pessoa física

Se você é profissional autônomo ou liberal e presta serviços como pessoa física, ou seja, sem um CNPJ, está sujeito a seguinte carga tributária:

  • IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física: até 27,50%
Base de cálculo Alíquota Parcela a deduzir
Até 1.903,98 Isento Isento
De 1.903,99 até 2.826,65 7,50% R$ 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15% R$ 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,50% R$ 636,13
Acima de 4.664,68 27,50% R$ 869,36
  • ISS – Imposto Sobre Serviços: 2% a 5%
  • Contribuição Previdenciária: até 20%

Sem dúvida alguma, uma carga tributária elevada e que pode comprometer boa parte dos seus rendimentos, independente do seu tipo de atividade.

A regra em questão é válida para todos os tipos de liberais e autônomos, que prestam serviços como pessoa física, incluindo médicos, dentistas, engenheiros, arquitetos, advogados, fisioterapeutas, psicólogos e muitos outros.

Tributação para prestador de serviços pessoa jurídica

Por sua vez, o prestador de serviços pessoa jurídica, ou seja, aquele que decide abrir um CNPJ, pode ser tributado através de regimes econômicos, como o Simples Nacional e o Lucro Presumido.

  • No Simples Nacional boa parte dos prestadores de serviços pode ser tributada com base no Anexo III, cuja alíquota inicia em apenas 6% sobre o faturamento mensal.
  • Enquanto isso, no Lucro Presumido, os prestadores de serviços em geral são tributados na faixa de 13,33% a 16,33% sobre o faturamento.

Sendo assim, basta um rápido comparativo para que possamos concluir que ao abrir um CNPJ, o prestador de serviços pode obter uma importante economia de impostos.

Como abrir CNPJ para prestador de serviços?

Agora que você já sabe como pagar menos impostos e com isso, aumentar os seus lucros, é hora de conferir um pequeno passo a passo para abrir o seu CNPJ.

Funciona basicamente assim:

  1. Contrate um serviço de contabilidade;
  2. Separe alguns documentos pessoais, como RG e CPF;
  3. Com a orientação do contador, escolha uma natureza jurídica e um regime tributário;
  4. Aguarde a emissão do CNPJ e demais documentos da sua empresa.

Com tudo em ordem, você poderá prestar seus serviços como PJ, pagar menos impostos e além disso aproveitar outros benefícios, como por exemplo:

  • Permissão para emitir notas fiscais;
  • Acesso a condições especiais de crédito;
  • Mais oportunidades de trabalho.

Prestador de serviços, conte com o apoio do time de especialistas da Gesswein Serviços Contábeis e comece a pagar menos impostos.

Telefones: (51) 3031-2600 / (51) 3031-2647

WhatsApp: (51) 9 8133-0031

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Recomendado só para você!
  Se você é médico, possui uma clínica ou está…